26 de novembro de 2017

Entre Quatro Paredes, de B. A. Paris

Título: Entre Quatro Paredes
Autor (a): B. A. Paris 
Editora: Grupo Editorial Record
N° de páginas: 266
Classificação: - 4/5

✏ Sinopse: Um thriller sobre um sonho que torna-se pesadelo. Grace é a esposa perfeita. Ela abriu mão do emprego para se dedicar ao marido e à casa. Agora prepara jantares maravilhosos, cuida do jardim, costura e pinta quadros fantásticos. Grace mal tem tempo de sentir falta de sua antiga vida. Ela é casada com Jack, o marido perfeito. Ele é um advogado especializado em casos de mulheres vítimas de violência e nunca perdeu uma ação no tribunal. Rico, charmoso e bonito, todos se perguntavam por que havia demorado tanto a se casar. Os dois formam um casal perfeito. Eles estão sempre juntos. Grace não comparece a um almoço sem que Jack a acompanhe. Também não tem celular, que ela diz ser uma perda de tempo. E seu e-mail é compartilhado com Jack, afinal, os dois não guardam segredos um do outro. Parece ser o casamento perfeito. Mas por que Grace não abre a porta quando a campainha toca e não atende o telefone de casa? E por que há grades na janela do seu quarto? Às vezes o casamento perfeito é a mentira perfeita.
A expressão no meu rosto não demonstra para Jack minha agitação interna. Pareço calma e serena e, quando ele dá um passo atrás para que eu passe, sou apenas uma jovem mulher prestes a sair para um passeio.


"Entre Quatro Paredes" nos leva à história de Grace, uma esposa perfeita, que largou seu emprego para se dedicar à nova casa, cuidar do marido e preparar pratos deliciosos na cozinha. E também de Jack, o famoso advogado que defende mulheres vítimas de violência, bonito, rico e competente. O que pode ter de errado nessa relação? 

《Às vezes o casamento perfeito é a mentira perfeita》 

Um marido psicopata, uma mulher submissa e a fachada de um casamento perfeito. B. A. Paris nos transporta, inicialmente, para uma situação normal de um casal supostamente feliz e realizado. Pensei que Jack seria o típico esposo ideal - uma grande ilusão. Porém, há muito além dessa aparência. De acordo com o passar das páginas, vários elementos começam a ser inseridos e a dúvida e desconfiança, a aparecer. A história vai alternando entre presente e passado, tornando a leitura mais interessante. 

O livro não trata somente desse caso. Ele fala também sobre Millie, a irmã de Grace que possui síndrome de down e, muitas vezes, se mostra muito mais esperta do que a própria irmã. Ela nos mostra que essa ponte que existe entre as pessoas e o preconceito pode ser, sim, quebrada. Foi uma das personagens que mais gostei no livro todo, a que mais me cativou, além de ser uma leitura assídua de Agatha Christie  

A história desses personagens nos chama atenção às máscaras que muitas pessoas colocam à frente de suas vidas, tentando passar a imagem de algo perfeito. No caso de Grace e Jack, foi a fachada de um casamento perfeito, com um casal perfeito e, claro, a mentira perfeita. 

Não vou dizer que foi a melhor leitura do ano, pois alguns pontos me fizeram tirar 1 🌟 da classificação: o final previsível e o ponto em que terminou a história. Poderia ter mais umas 20 ou 30 páginas, falando sobre o que acontece a seguir. Entretanto, não posso dizer que foi uma leitura ruim. Pelo contrário, consegui aproveitar bastante e gostei da escrita da autora na maior parte do livro. 

No geral, ele foi ótimo e, às vezes, agonizante - por causa da situação de Grace. Me colocava no lugar dela e sentia seu desespero, conforme se passavam as páginas. Recomendo a leitura, mas leia sem expectativas demais, para conseguir aproveitar mais do mesmo 😊 Livro recebido em ação com o Grupo Editorial Record 

ACOMPANHE O BLOG
FACEBOOK  INSTAGRAM  TWITTER 
Contato: minhasecretapoesia@gmail.com

Obrigada por tudo, pessoal!
Beijos 

2 de novembro de 2017

Uma vez você, uma vez eu, de Diego Martello

Título: Uma vez você, uma vez eu
Autor (a): Diego Martello 
Editora: Novo Século | Novos Talentos da Literatura Brasileira
N° de páginas: 184
Classificação:★,5 - 4,5/5

✏ Sinopse: Marcos e Willian, pai e filho, tentam se reconciliar após anos de desentendimento. Em paralelo, Eva, mulher de Willian, quer a todo custo engravidar, o que frustra o casal. A partir da visão do interior de cada um, esses personagens terão de reconfigurar o modo de pensar para enfrentar os seus conflitos. Nessa fase tão conturbada para todos, reflexões acompanham cada segundo da trajetória deles. Narrada de forma surpreendente, provocativa e crítica, esta obra não tem a pretensão de apresentar soluções para os problemas enfrentados, mas, sim, mostrar as armadilhas de nosso fluxo de consciência, para compreendermos que as soluções dos problemas dependem, muitas vezes, da forma como se lida com as ilusões, ou, ao contrário, como se enxerga verdadeiramente a realidade.
Cada pessoa carrega uma pérola em seu peito que a faz diferente e única. Seu brilho emerge através do olhar e preenche o mundo.


O livro conta a história de Willian, Marcos, Eva e também faz um paralelo com as nossas. Pai e filho há anos não se falam direito e não agem como tal. Então, tentam se reconciliar e, nesse intervalo de tempo, Eva, mulher de Willian, tenta engravidar. De uma forma interessante, o autor constrói a história desses personagens com uma reflexão sobre a ilusão e a realidade. 

O fato de somente tirarmos água de dentro de um barco furado não o impedirá de afundar. É preciso continuar tirando a água e, ao mesmo tempo, consertar o casco.❞ 

"Uma vez você, uma vez eu" nos faz embarcar em uma grande viagem para dentro de nós mesmos, com uma profunda reflexão sobre nossos atos e nossa vivência, através da história contada pelo personagem, Willian. 

Todo o diálogo e pensamentos contidos no livro parecem ser uma conversa íntima com o leitor, fazendo com que surjam vários questionamentos durante a leitura e, às vezes, as respostas acabam surgindo posteriormente conforme avançam as páginas. 

As dúvidas, incertezas e atos cometidos por Willian são muitas vezes os nossos próprios. Ele fala muito sobre conviver em harmonia, nos colocar no lugar do outro, amar, respeitar, ir em busca de nossos objetivos e daquilo que nos faz bem e feliz e não nos moldar a um padrão pré-estabelecido. 

Outro ponto destacado pela história é a convivência familiar, o ato de amar e demonstrar isso, antes que não haja mais chance de fazê-lo. Dialogar, quebrar barreiras impostas por escolhas erradas, deixar o orgulho de lado e abrir mão de algumas coisas para poder desfrutar do melhor da vida. 

Um livro pequeno, porém com um conteúdo muito grande. Apesar da formalidade em algumas partes, todos os conselhos e ensinamentos presentes estão claros para o leitor. Acredito que seja uma leitura muito válida! Recomendado 💙 | Muito obrigada pela parceria, Diego Martello! Gratidão

ACOMPANHE O BLOG
FACEBOOK  INSTAGRAM  TWITTER 
Contato: minhasecretapoesia@gmail.com

Obrigada por tudo, pessoal!
Beijos 

25 de outubro de 2017

Recebidos - Editora Morro Branco

RECEBIDOS - EDITORA MORRO BRANCO》Ei, pessoal! 💙 Recebi 3 livros lindos da Editora Morro Branco nos últimos meses e hoje venho mostrar para vocês! "A Ilusão do Tempo" já li e tem resenha dele aqui! Todas as edições estão MUITO caprichadas e maravilhosas!! Confiram as sinopses 📚


A ILUSÃO DO TEMPO》 Quando as coisas não vão nada bem e os economistas preveem uma enorme crise financeira, a família de Vitória - assim como o resto do mundo - decide se esconder em suas misteriosas caixas pretas à espera de tempos melhores. No entanto, após vários anos, a caixa de Vitória se abre e a menina se vê em uma cidade em ruínas. Sem rumo, ela caminha por prédios e ruas tomadas por florestas e animais selvagens, até chegar à uma casa onde crianças se reúnem em torno de uma senhora para ouvir a história de um rei ganancioso que conquistou o mundo, mas desejava conquistar o tempo. Para poupar sua bela princesa dos dias escuros e sombrios, normais ou sem valor, ele a coloca em uma caixa mágica transparente como cristal, mas feita de uma seda de teia de aranha tão densa que o próprio tempo não consegue penetrar. Vitória aos poucos percebe uma conexão entre sua própria história e a do reino mágico. Junto com seus novos amigos, ela precisa encontrar uma forma de consertar o mundo antes que seja tarde demais. 💙 📚

A CIDADE DAS MÁSCARAS - A Biblioteca Invisível #2》 Irene está trabalhando como espiã em uma Londres Vitoriana, coletando importantes livros de ficção para a misteriosa Biblioteca, quando Kai é sequestrado. A origem enigmática de seu assistente significa que ele tem aliados e inimigos igualmente poderosos, e seu sequestro só pode significar uma coisa: guerra entre as forças da ordem e do caos, capaz de destruir mundos inteiros. Para manter a humanidade longe do fogo cruzado – e salvar Kai de uma morte certa –, Irene terá que fazer aliados duvidosos e viajar até as profundezas de uma Veneza repleta de magia negra e estranhas coincidências, onde é sempre Carnaval. Lá, ela precisará lutar, mentir e chantagear seres poderosos. Ou enfrentar consequências fatais. 💙 📚

TODOS OS PÁSSAROS NO CÉU》 Desde pequenos, Patrícia e Laurence tinham formas diferentes - e às vezes opostas - de enxergar o mundo. Patrícia podia falar com animais e se transformar em pássaros. Laurence construía supercomputadores e máquinas do tempo de dois segundos. Enquanto tentavam sobreviver ao pesadelo interminável da escola, seu isolamento se transformou em uma amizade cautelosa. Até que circunstâncias misteriosas os separam para sempre. Ou assim eles pensavam. Dez anos depois, ambos se reencontram em São Francisco. O mundo está prestes a implodir. Patrícia é formada em uma secreta escola de magia, e Laurence é um cientista tentando salvar a humanidade. A medida que os dois se reconectam, se veem levados a lados opostos em uma guerra entre ciência e magia. E o destino do mundo depende dos dois. Provavelmente. Uma profunda, mágica e divertida análise sobre a vida, o amor e o apocalipse. 💙📚
Já leram algum desses livros? Adicionaram algum na wishlist? 💙

Editora parceira
ACOMPANHE O BLOG
FACEBOOK  INSTAGRAM  TWITTER 
Contato: minhasecretapoesia@gmail.com

Obrigada por tudo, pessoal!
Beijos 

22 de outubro de 2017

A Ilusão do Tempo, de Andri Snaer Magnason

Título: A Ilusão do Tempo
Autor (a): Andri Snaer Magnason 
Editora: Morro Branco
N° de páginas: 320
Classificação: - 5/5

✏ Sinopse: Quando as coisas não vão nada bem e os economistas preveem uma enorme crise financeira, a família de Vitória – assim como o resto do mundo – decide se esconder em suas misteriosas caixas pretas à espera de tempos melhores. No entanto, após vários anos, a caixa de Vitória se abre e a menina se vê em uma cidade em ruínas. Sem rumo, ela caminha por prédios e ruas tomadas por florestas e animais selvagens, até chegar à uma casa onde crianças se reúnem em torno de uma senhora para ouvir a história de um rei ganancioso que conquistou o mundo, mas desejava conquistar o tempo. Para poupar sua bela princesa dos dias escuros e sombrios, normais ou sem valor, ele a coloca em uma caixa mágica transparente como cristal, mas feita de uma seda de teia de aranha tão densa que o próprio tempo não consegue penetrar. Vitória aos poucos percebe uma conexão entre sua própria história e a do reino mágico. Junto com seus novos amigos, ela precisa encontrar uma forma de consertar o mundo antes que seja tarde demais.
Mas é possível chorar mesmo com o sol brilhando lá fora - disse ela - e rir num dia de chuva e ventania.
Os economistas preveem uma grande crise financeira e isso acaba assustando ainda mais a população, incluindo a família de Vitória. Com o intuito de se "esconder" do mundo até que os tempos ruins acabem, a TIMAX vem com esse propósito, criando uma caixa nada vulnerável ao tempo. Assim, Vitória e sua família entram nessa proposta de melhoria e se encapsulam. Porém, um tempo depois, a caixa da menina se abre e ela se vê em um lugar totalmente diferente do esperado. Caminhando junto com um novo amigo, eles chegam à casa de uma senhora que os levam a conhecer a história de um rei muito ganancioso, que possuía o intuito de conquistar o tempo. Mas isso não para por aqui, pois as crianças vão receber uma missão enorme: tentar consertar esse estrago antes que seja tarde demais.

《O que é esse tempo, afinal de contas?》 

O título e a capa fazem juz à história. Referente ao assunto principal, o que seria o tempo? Qual é o seu verdadeiro valor? Vale à pena tentar domá-lo para conquistar coisas para si e se elevar no próprio pódio pessoal? Durante a leitura senti muito a necessidade de questionar sobre esse assunto para mim mesma. Será que tenho sido uma boa pessoa para com os outros e a natureza? 

"A Ilusão do Tempo" trata muito sobre a alusão de riquezas e bens, tanto materiais como naturais, que é um dos mais preciosos. O tempo escorria entre os dedos do rei e sua família, o bem mais precioso, era refém de suas decisões. Ao mesmo tempo que tentava proteger a filha, a atirava em um caminho sem volta. E a si próprio também. 

A história do rei Dímon traz uma profunda reflexão para nossas vidas. Será que eu estou somente querendo ter, ao invés de viver? Ele quis conquistar o mundo, ser o dono de tudo, mas ao mesmo tempo não conseguiu desfrutar de quase nada do que possuía. Muito menos conviver com sua amada filha, que, em sua cabeça, tentou proteger durante toda a sua vida. 

- Não vou perder meu tempo matando-o. Cada dia que você vive é sua própria derrota.

O livro nos leva à essência do que realmente possui valor. Coisas passageiras e vazias, como o rei queria possuir, o fizeram ir contra todos e também contra a própria família. Sua visão sobre o poder se elevou muito mais do que a real necessidade das pessoas que ele amava e dele próprio. Ao longo da leitura, vamos acompanhando cada personagem e suas evoluções pessoais - algumas boas, outras nem tanto. Além disso, Andri Snaer fala muito sobre o consumismo e o resultado disso para a nossa sociedade.

❝[...] As pessoas estavam numa corrida contra o tempo, tentando acumular tantas coisas e tanto lixo quanto pudessem. Destruíram tudo que havia de belo e agora elas se fechavam dentro de sua própria idiotice.

Um livro com uma leitura super rápida, mas que possui uma grande história por trás de seu número de páginas. Uma leitura reflexiva, visando assuntos importantes, com um final ótimo, onde os personagens são conectados. O autor conseguiu fazer uma ótima junção entre uma fábula, elementos de ficção científica e aventura. Livro recomendado!

Editora parceira
ACOMPANHE O BLOG
FACEBOOK  INSTAGRAM  TWITTER 
Contato: minhasecretapoesia@gmail.com

Obrigada por tudo, pessoal!
Beijos 

21 de outubro de 2017

5 dicas para quem quer ler mais

Ei, gente!
Tudo bem com vocês? Hoje trouxe um post bem legal! Quando entrei para a faculdade, comecei a ter um pouco mais de dificuldade para ler, devido à falta de tempo e também de ânimo. Então, decidi vir aqui dar 5 dicas (que funcionam comigo) para vocês que também estão passando por isso Confiram:

1) Determine um horário para ler
Por exemplo, à noite. Eu sempre gostei de ler antes de dormir (quando não estou muito cansada). Determinar um horário para ler facilita os outros afazeres diários e não atrapalha. Não precisa ser por muito tempo e também nada que seja forçado; além disso, pode ser ligado à próxima dica.

2) Estabeleça metas
Se dá certo? Sim, e muito! Com a minha faculdade, meu tempo para ler diminuiu, junto com a minha disposição. A partir do momento em que passei a estabelecer metas, a leitura começou a fluir bem melhor. Um exemplo interessante:

- Ler 20 páginas / um capítulo por dia (pode ser quantos capítulos ou quantas páginas você quiser!)

3) Experimente ler e-books
Se alguém me perguntar "e-book ou livro físico?", responderei: os dois! Eu tinha um certo receio com livros digitais, até ler um. Gostei bastante e hoje em dia, leio nos dois formatos. Uma coisa que funciona muito comigo é intercalar entre livro físico e digital, de gêneros diferentes. Às vezes você está lendo algo mais pesado e precisa relaxar um pouco com algo mais leve, então faz essa junção.

4) Participe de grupos de leitura
Uma coisa que influencia bastante e também nos incita a ler é a conversa com outros leitores. Seja para pegar uma dica de um ótimo livro ou até realizar leitura conjunta, isso sempre nos dá ânimo para tentar voltar ao ritmo.

5) Aumente gradativamente a quantidade de livros
Bom, o que isso quer dizer? Experimente ler mais de um livro por vez, mas quando achar que está pronto pra isso, para não ser nada forçado ou até atrapalhar. Isso é algo que eu nem pensava em fazer. Comigo, passou a funcionar muito bem e tenho feito isso sempre! Escolha gêneros diferenciados, como na dica 3

Extra: Carregue sempre um livro na mochila - pode ser também celular, tablet ou a biblioteca portátil que quero muito - kindle
Nem sempre o nosso dia resulta em tantos afazeres como imaginamos, não é mesmo? Quando bate aquela folga ou tempo livre, ter um livro na mochila é sempre uma opção maravilhosa.
_

E aí, o que acharam das dicas? Já praticam alguma delas?

ACOMPANHE O BLOG
FACEBOOK  INSTAGRAM  TWITTER 
Contato: minhasecretapoesia@gmail.com

Obrigada por tudo, pessoal!
Beijos 

9 de outubro de 2017

Sociedade J. M. Barrie, de Barbara J. Zitwer

Título: Sociedade J. M. Barrie
Autor (a): Barbara J. Zitwer
Editora: Novo Conceito
N° de páginas: 305
Classificação:★ - 4/5

✏ Sinopse: Joey, uma arquiteta nova-iorquina que só pensa em trabalho, está em Cotswolds para supervisionar a restauração da majestosa mansão que inspirou J. M. Barrie a escrever Peter Pan. Os moradores da região não foram exatamente receptivos e também havia um problema com o zelador da mansão, um homem que parecia determinado a arruinar os planos dela. Com essa situação, Joey logo começa a pensar que não conseguirá fazer nada certo neste projeto e também em sua vida até descobrir a Sociedade de Natação de Senhoras J. M. Barrie e começar a nadar com elas em sua Terra do Nunca particular. Para Joey, conhecer Aggie, Gala, Meg, Viv e Lilia vai ser uma grande experiência de vida o começo de um relacionamento que vai transformá-la de uma maneira mais que extraordinária...
Acima de tudo, todos os membros deverão ouvir um ao outro com compaixão, ajudando-se mutuamente a enxergar a luz no fim de algum túnel, e a sentir novas possibilidades no coração. 


Joey é uma arquiteta que mora em Nova Iorque e uma verdadeira workaholic. Para ela, trabalhar é algo que vem em primeiro lugar e, com isso, sua vida pessoal vai ficando um pouco esquecida. Com uma oferta de sua empresa para ir à Inglaterra supervisionar a restauração da mansão que inspirou J. M. Barrie a escrever o famoso clássico Peter Pan, ela se vê diante de vários desafios a cumprir e coisas que mudarão o rumo de sua vida e, também, pessoas: as senhoras da Terra do Nunca, Ian, Sarah...

"Sociedade J. M. Barrie" foi uma leitura bem rápida e, no geral, acabei gostando mais do que imaginei em alguns pontos do livro. Com uma história simples, a autora conseguiu me prender e me fazer torcer para o suposto casal do livro - que, confesso, não estava gostando muito no início. 

A partir do momento em que Joey chega na Inglaterra, vemos o choque cultural que ela toma. Hábitos diferentes, lugares desconhecidos e, além disso, sua amiga de infância em um ambiente totalmente diferente do que ela havia imaginado: casa cheia de crianças, bagunça e coisas habituais dos pequenos. Também temos Sarah como um exemplo de que as coisas realmente mudam e que, mesmo em meio ao cansaço, a felicidade está presente. 

Eu esperava algo mais relacionado a fantasia ou que mencionasse mais o assunto, por se tratar de uma história que fala sobre J. M. Barrie (creio que não fui a única). No entanto, a trama focou mais no romance e em determinado momento, pensei que não gostaria da história. Contudo, Barbara conseguiu me conquistar através de sua escrita e mesmo me desapontando um pouco com os fatos citados, consegui aproveitar bastante a leitura.

As senhoras, Aggie, Gala, Meg, Viv e Lilia, chamam muito a atenção pela jovialidade e amor próprio que possuem e passam isso para os leitores. A relação da personagem principal com elas foi a minha parte preferida do livro, juntamente com o fato de que Joey cresce muito interiormente no decorrer da leitura.

- Ninguém consegue fazer outra pessoa feliz - opinou Viv - se ela não estiver feliz consigo mesma.

O livro também fala sobre largar um pouco a rotina monótona e repetitiva e focar em coisas  aparentemente pequenas, mas muito importantes para todos nós - um mergulho, uma conversa, coisas que podem despertar algo muito maior, como aconteceu no livro: amizade. Leitura recomendada!

ACOMPANHE O BLOG
FACEBOOK  INSTAGRAM  TWITTER 
Contato: minhasecretapoesia@gmail.com

Obrigada por tudo, pessoal!
Beijos 

7 de outubro de 2017

Meus quotes preferidos de Entre Cabras e Ovelhas


Ei, pessoal!
Li recentemente o livro "Entre Cabras e Ovelhas", da Editora Morro Branco e gostei muito (CLIQUE AQUI para ler a resenha), marcando várias passagens durante a leitura! Resolvi mostrar aqui para vocês as minhas citações preferidas



🐑 ❝- Você sabe que o Senhor é o nosso pastor, Grace. Somos apenas ovelhas. Apenas ovelhas. Se nos desviamos do caminho, precisamos que Deus nos encontre e nos leve para casa. ❞ 🐑

🐐 ❝- Somos todos ovelhas - respondi. - E ovelhas precisam de um pastor para mantê-las a salvo. ❞ 🐐

🐑 ❝Depois do meu quarto, aquele era meu lugar preferido no mundo. Era acarpetado, tinha estantes pesadas, relógios tiquetaqueando e poltronas de veludo, como se fosse a sala de estar de alguém. Cheirava a páginas não viradas e aventuras invisíveis, e em cada prateleira havia pessoas que eu precisava conhecer e lugares que precisava visitar. ❞ 🐑

🐐 ❝- Depende muito do ponto de vista. O que é erva daninha para uma pessoa pode ser uma bela flor para outra. Depende muito de onde crescem e dos olhos de quem as vê. ❞ 🐐

🐑 ❝Acho que Ele nos permite crescer - explicou. - Só precisamos encontrar o melhor solo. Todas as plantas podem florescer, só precisam encontrar o lugar certo, e, às vezes, o lugar certo não é o que você acredita ser. ❞ 🐑


Gostaram das citações? Qual foi a preferida?

Editora parceira
ACOMPANHE O BLOG
FACEBOOK  INSTAGRAM  TWITTER 
Contato: minhasecretapoesia@gmail.com

Obrigada por tudo, pessoal!
Beijos