14 de agosto de 2016

[Especial dia dos pais] Top 3 pais literários

Se há uma palavra que nós podemos usar para descrever um pai, é amor. Seja de sangue ou não, seja aquela mãe guerreira que faz o papel de pai e mãe, todos eles amam verdadeira e incondicionalmente. E para esse dia especial, resolvi selecionar 3 papais literários que chamaram a minha atenção durante a leitura dos livros! Ah, mas lembre-se de uma coisa: dia dos pais é todo dia :)




✏ Sinopse: Quando John Tyree conhece Savannah Lynn Curtis, descobre estar pronto para recomeçar sua vida. Com um futuro sem grandes perspectivas, ele, um jovem rebelde, decide alistar-se no exército, após concluir o ensino médio. Durante sua licença, conhece a garota de seus sonhos, Savannah. A atração mútua cresce rapidamente e logo transforma-se em um tipo de amor que faz com que Savannah prometa esperá-lo concluir seus deveres militares. Porém ninguém previa o que estava para acontecer, os atentados de 11 de setembro mudariam suas vidas e do mundo todo. E assim como muitos homens e mulheres corajosos, John deveria escolher entre seu país e seu amor por Savannah. Agora, quando ele finalmente retorna para Carolina do Norte, ele descobre como o amor pode nos transformar de uma forma que jamais poderíamos imaginar.

Quando li "Querido John", me recordo de que o personagem que mais me chamou atenção foi o pai do John. Senti um carinho imenso por ele, que cuidou do filho da melhor maneira que conseguiu, mesmo com seus limites pessoais, e eu achei isso muito bonito. Gostei mais ainda dele quando vi que seu amor era incondicional, imutável, mesmo com John se irritando com a rotina do pai e sua fascinação por moedas.



✏ Sinopse: Travis Brown é um rapaz diferente da maioria dos jovens de sua idade. Aos 23 anos, já conheceu – e perdeu – seu grande amor, já precisou lutar pela guarda da filha na justiça e agora trabalha incansavelmente para sustentá-la. Sua rotina não é fácil, mas ele consegue levar uma vida digna. De repente, tudo começa a dar errado: ele perde o emprego, sua casa pega fogo e sua mãe morre. Sem ter a quem recorrer, precisa ir morar com a filha em um acampamento para trailers. Lá, conhece Savannah, uma jovem linda e sexy que realmente parece querer ajudá-lo. É ela quem lhe fala sobre a vaga em uma obra em Raleigh, uma cidade próxima. Travis não quer se mudar, mas não tem alternativa: seus últimos dólares estão acabando e ele não vê a menor perspectiva de conseguir mais dinheiro. No entanto, ao chegar a Raleigh e conhecer Roy, seu suposto empregador, ele descobre que o trabalho na verdade é um roubo. Roy garante que será a única vez e que a quantia que Travis receberá será suficiente para tirá-lo do sufoco por um bom tempo. Agora, de frente para a maior encruzilhada de sua vida, Travis precisa decidir que caminho seguir para continuar sendo um pai exemplar.

 Travis é aquele pai que proteje, sustenta e ama sua filha. Ele perdeu muita coisa: sua mãe, sua casa, seu grande amor, mas possui o seu grande tesouro nos braços: a filha. Torci muito para que desse tudo certo para esse super pai e, no final, me emocionei e lutei junto com ele. A história é emocionante! Se você ainda não leu esse livro, recomendo muito! 



✏ Sinopse: Lucy Houston e Mickey Chandler não deveriam se apaixonar. Os dois sofrem de doenças genéticas: Lucy tem um histórico familiar de câncer de mama muito agressivo e Mickey, um grave transtorno bipolar. No entanto, quando seus caminhos se cruzam, é impossível negar a atração entre eles. Contrariando toda a lógica que indicava que sua história não teria futuro, eles se casam e firmam – por escrito – um compromisso para fazer o relacionamento dar certo. Mickey promete tomar os remédios. Lucy promete não culpá-lo pelas coisas que ele não pode controlar. Mickey será sempre honesto. Lucy será paciente. Como em qualquer relação, eles têm dias bons e dias ruins – alguns terríveis. Depois que Lucy quase perde uma batalha contra o câncer, eles criam mais uma regra: nunca terão filhos, para não passar adiante sua herança genética. Porém, em seu 11° aniversário de casamento, durante uma consulta de rotina, Lucy é surpreendida com uma notícia extraordinária, quase um milagre, que vai mudar tudo o que ela e Mickey haviam planejado. De uma hora para outra todas as regras são jogadas pela janela e eles terão que redescobrir o verdadeiro significado do amor. Dançando sobre cacos de vidro é a história de um amor inspirador que supera todos os obstáculos para se tornar possível.

 Mickey possui transtorno bipolar e acha que não consegue ser bom o suficiente como pai. Sua mulher está com câncer e grávida, seu maior medo é perdê-la, pois, em sua cabeça, ele não conseguirá dar conta desse grande fardo. Mas o final desse livro nos surpreende e emociona! A paternidade muda completamenete o personagem. Conseguimos sentir amor puro e verdadeiro nas páginas do livro! Recomendo muito!


E vocês, já leram algum desses livros? 

Acompanhe o blog:
FACEBOOK  INSTAGRAM  TWITTER 
Contato: minhasecretapoesia@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário