25 de março de 2017

Zac & Mia, de A. J. Betts

Título: Zac & Mia
Autor (a): A. J. Betts
Editora: Novo Conceito
N° de páginas: 288
Classificação:★,5


✏ Sinopse: A última pessoa que Zac esperava encontrar em seu quarto de hospital era uma garota como Mia - bonita, irritante, mal-humorada e com um gosto musical duvidoso. No mundo real, ele nunca poderia ser amigo de uma pessoa como ela. Mas no hospital as regras são diferentes. Uma batida na parede do seu quarto se transforma em uma amizade surpreendente. Será que Mia precisa de Zac? Será que Zac precisa de Mia? Será que eles precisam tanto um do outro? Contada sob a perspectiva de ambos, Zac e Mia é a história tocante de dois adolescentes comuns em circunstâncias extraordinárias.


Quando estamos juntos, ninguém cai, desaba ou desiste.


Zac tem leucemia e está no hospital se recuperando após a cirurgia de transplante de medula. Em seu quarto, tudo é quieto e tem uma rotina diária, com sua mãe sempre ao seu lado. Mas tudo muda quando o quarto ao lado recebe uma nova e diferente paciente: uma garota que não se dá bem com a mãe, escuta Lady Gaga o dia inteiro (e no replay) e possui osteosarcoma.

Zac então decide se comunicar com ela, por estar incomodado com a música, e faz isso dando vários socos na parede. E ele é correspondido. A partir desse contato, vemos uma amizade crescer cada vez mais. E quem sabe um amor? 

Apesar de o livro falar sobre câncer e os protagonistas, infelizmente, possuírem a doenca, achei a história diferente. Mia reage de um jeito muito real. A dor da mudança, da perda do apoio das pessoas que a rodeiam, a insegurança e o receio. Zac sempre constrói uma teia firme em torno das chances de cura e tenta apoiar Mia. E o contrário também acontece durante a leitura.

Uma coisa que me chamou atenção na história foi que, apesar de falar sobre a doença, o foco não é esse, mas sim no vencer, lutar e ser forte.

Zac me arrancou vários risos e sorrisos durante a leitura; ele é um personagem carismático, fofo e engraçado (que nutre uma grande paixão por Emma Watson). Achei o primeiro contato dos dois super inusitado, e mesmo as primeiras cenas se passando no hospital e não tendo tantos acontecimentos diferentes, não se tornou algo chato, na minha opinião.

A escrita da autora é envolvente e a leitura realmente fluiu muito bem comigo. Os capítulos são alternados entre a visão do dois personagens e gostei bastante disso. Mia às vezes é bem cabeça dura, porém o que ela passa também não é algo tão fácil assim de enfrentar. E, no fundo, está guardada uma pessoa diferente e pronta para se libertar a qualquer momento.

Não foi um livro escrito para mostrar esses personagens como pessoas frágeis e vulneráveis por causa da doença. É um livro que fala principalmente de otimismo e esperança. E o final é muito amor 😍 Leitura recomendada 💙

ACOMPANHE O BLOG
FACEBOOK  INSTAGRAM  TWITTER 
Contato: minhasecretapoesia@gmail.com
Obrigada por tudo, pessoal!
Beijos 

Nenhum comentário:

Postar um comentário