21 de maio de 2017

Caraval, de Stephanie Garber

Título: Caraval
Autor (a): Stephanie Garber
Editora: Novo Conceito
N° de páginas: 400
Classificação:

✏ Sinopse: Scarlett nunca saiu da pequena ilha onde ela e sua irmã, Donatella, vivem com seu cruel e poderoso pai, o Governador Dragna. Desde criança, Scarlett sonha em conhecer o Mestre Lenda do Caraval, e por isso chegou a escrever cartas a ele, mas nunca obtivera resposta. Agora, já crescida e temerosa do pai, ela está de casamento marcado com um misterioso conde, e certamente não terá mais a chance de encontrar Lenda e sua trupe, mas isso não a impede de escrever uma carta de despedida a ele. Dessa vez o convite para participar do Caraval finalmente chega à Scarlett. No entanto, aceitá-los está fora de cogitação, Scarlett não pretende desobedecer ao pai. Sendo assim, Donattela, com a ajuda de um misterioso marinheiro, sequestra e leva Scarlett para o espetáculo. Mas, assim que chegam, Donattela desaparece, e Scarlett precisa encontrá-la o mais rápido possível. O Caraval é um jogo elaborado, que precisa de toda a astúcia dos participantes. Será que Scarlett saberá jogar? Ela tem apenas cinco dias para encontrar sua irmã e vencer esta jornada.

Os sonhos que se realizam podem ser belos, mas também podem se tornar pesadelos quando as pessoas não acordam.

⏳🎩🎪 As irmãs Scarlett e Donatella Dragna vivem na Ilha Conquistada de Trisda, junto com o pai, o autoritário e impiedoso Governador Dragna. As irmãs sempre ouviram histórias sobre o Caraval, contadas por sua avó. Com entusiasmo e grande curiosidade, Scar escrevera desde pequena para Lenda, o Mestre do Caraval. E, muitos anos depois, perto da data de seu casamento arranjado com um conde, ela acaba obtendo uma resposta, junto com 3 ingressos. Nesse período de tempo, elas conhecem melhor o marinheiro Julian, que irá embarcar com as irmãs em uma aventura - que pode ou não ser real. Tudo é duvidoso no Caraval. 

Não quero me prolongar muito sobre a história, pois eu mesma nada sabia sobre e li sem expectativas muito altas, achei ótimo. Deixo essa dica aqui para vocês. Assim como os personagens, a história foi se tornando gradativamente melhor e mais interessante. O que antes parecia desconexo, acabou formando uma teia de acontecimentos que fez da reta final uma das melhores partes do livro.

No início, Scarlett se mostra mais inocente e insegura do que o necessário, mas devemos levar em conta a convivência dela com o pai. Ele intimida, limita e maltrata as filhas, impondo sua autoridade sempre que surge uma hora oportuna. Donatella foi mais aventureira e simpática que a irmã desde o início do livro, mas as duas tiveram que enfrentar a ira do pai após a despedida da mãe. E uma coisinha que me chamou atenção em Scar foi o fato de ela associar sentimentos a cores. Achei interessante a associação e escolha dos tons.

Alguns pontos na construção do Caraval em si ficaram um pouco soltos e não muito aprofundados. Contudo, eu me senti imersa nesse mundo ilusório e mágico. A ideia foi, ao meu ver, bem diferente do que já li. Toda a magia presente envolve tanto os personagens quanto nós, leitores. O tempo modificado, as formas de pagamento, o universo fantástico, a junção de realidade e ilusão, achei tudo bem interessante e deram um toque diferente à história. 

Todos os atos dos personagens acabam sendo questionáveis e duvidosos aos nossos olhos. Fiquei me perguntando o que seria ilusão e o que seria real - ou quase - dentro da trama, o que me deixou intrigada em alguns momentos e curiosa para saber o que se passaria nas próximas páginas.

O modo como o livro terminou alimentou minha curiosidade para o segundo volume (apesar de alguns pontos não terem me agradado tanto)! ❤ Um agradecimento à Novo Conceito por ter cedido antecipadamente para a leitura e mantido essa capa maravilhosa 😍 

ACOMPANHE O BLOG
FACEBOOK  INSTAGRAM  TWITTER 
Contato: minhasecretapoesia@gmail.com

Obrigada por tudo, pessoal!
Beijos 

Nenhum comentário:

Postar um comentário